sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Comandante Geral confirma realização de concurso da PM no próximo ano



Durante solenidade de graduação de policiais militares, realizada na manhã desta quinta-feira, 22, no Auditório da Estação das Artes, o comandante Geral da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas, confirmou a realização de concurso público no próximo ano, para suprir o déficit de policiais no Estado.


Ele aponta que a corporação tem um déficit de pelo menos 4,5 mil homens para cumprir o planejamento adequado para a segurança pública no RN. Para minimizar a deficiência, a PM anunciou um concurso público com previsão de lançamento de edital para o primeiro semestre de 2016.

“Tivemos reunião semana passada com o Tribunal de Contas, e as tratativas estão avançando no sentido de se fazer concurso público para ingresso na corporação nas duas portas de acesso, como soldado e oficial. Em breve, provavelmente, estarão sendo publicados os editais para que a gente comece o trabalho de recompletamento de pessoal”, disse o comandante.

Sobre a realização do treinamento ter acontecido no interior, o Coronel Angêlo foi enfático em dizer da importância do pedido do prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, em ter articulado, junto ao comando da PM e o Governador do Estado, para que os policiais pudessem realizar esse concurso sem que precisassem deixar as suas cidades.

“Devido a provocação de entidades de classes daqui de Mossoró, que conversaram com o Coronel Alvibá e com o prefeito, e devido a esse nosso espaço aberto, a gente acatou plenamente a sugestão e imediatamente convocou a nossa diretoria de ensino no sentido de regionalizar esse curso”, ressaltou o coronel.

No 5º Curso de Nivelamento de Praças da PM, foram 46 alunos promovidos à patente de cabo. Com duração de dois meses, sendo 45 dias letivos e 360 horas aulas, a capacitação propicia ao Militar Estadual a aptidão necessária para que alcance a graduação imediatamente superior a que se encontra.

No curso, são estudadas disciplinas como patrulhamento tático-móvel, defesa pessoal, policiamento comunitário, relacionamento interpessoal, direito, tiro prático método Giraldi, noções de primeiros socorros, todas estas interrelacionadas com as normas dos direitos humanos e dos cidadãos que compõem a grade curricular das escolas da Polícia Militar.


*Mossoró Hoje via Umarizal News
Postagem de Josimar Lopes

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior