segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Natal já é segundo destino turístico em voos da Azul


Os índices do turismo potiguar estão em constante crescente. O último dado foi dito pelo próprio presidente da Azul Linhas Aéreas, Antonoaldo Neves: Natal já é o segundo maior destino da companhia, atrás apenas de Porto Seguro, na Bahia.

A notícia foi divulgada durante reunião no Ministério do Turismo com secretários e presidentes das entidades de promoção turística, em Brasília. A audiência, com presença do presidente da Azul e solicitada pelo Conselho de Turismo do Nordeste, aconteceu na tarde de hoje (14).

“Esse anúncio da Azul se dá, primeiramente, pela desoneração do querosene de aviação ainda nos primeiros meses de gestão. E ainda pelo trabalho de divulgação que temos empreendido. É fruto de um trabalho de resgate do turismo potiguar”, comentou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

A presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística, Aninha Costa, representou o turismo do Rio Grande do Norte. Segundo ela, a pauta do encontro girou em torno da divulgação do Nordeste na Europa.

“A ideia é que seja investidos R$ 9 milhões nos principais países emissores de turistas à região. Nosso pleito é que o Ministério, via Embratur, invista 60% desse valor e os 40% restantes sejam distribuídos proporcionalmente pelos Estados”, disse Aninha Costa.

Os países europeus seriam Itália, Portugal, França, Espanha, Alemanha, Suécia, Holanda e Inglaterra. O Governo do RN, via Secretaria de Estado do Turismo e com recursos do RN Sustentável, já iniciou divulgação neste mês de outubro na Itália, França e Portugal, além da Argentina, na América do Sul.

Aninha Costa ressaltou ainda que o presidente da Azul comentou, durante a audiência, sobre a troca da aeronave da Azul – uma Embraer de 118 lugares pelo possante Airbus A330, com capacidade para 272 assentos.

“Ele colocou que o voo operou primeiramente em nosso Estado e que se deu também em razão da exportação do atum para a Flórida, nos Estados Unidos. É uma notícia ótima porque trabalha não só o turismo, mas a exportação potiguar também”, concluiu Aninha.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior