quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Cobrança...Kelps pede que Governo explique economia de R$800 milhões na folha do RN!

Kelps Lima afirmou que já apresentou um requerimento solicitando que o Governo do Estado apresente relatório da empresa que fez auditoria e detalhe essa redução. “Estou na expectativa”, finalizou o deputado.


O deputado estadual Kelps Lima (SDD) falou em seu pronunciamento, nesta terça-feira (10), sobre a posição do Governo do Estado em gerar uma economia de R$ 800 milhões anuais com o resultado da auditoria realizada na folha de pessoal e com o censo previdenciário que começa no próximo dia 26. O parlamentar disse que o Governo precisa detalhar como será feito esse enxugamento na folha dos servidores.

“O governador deve ter pensado antes de fazer essa afirmação, o que significa reduzir a folha de pessoal em 16%. É importante que ele diga como isso será feito sem tirar o direito dos trabalhadores”, disse o parlamentar.

Kelps Lima afirmou que já apresentou um requerimento solicitando que o Governo do Estado apresente relatório da empresa que fez auditoria e detalhe essa redução. “Estou na expectativa”, finalizou o deputado.

Em aparte, o deputado Getúlio Rêgo (DEM), disse que acha que o valor de R$ 800 milhões, divulgado na capa de um jornal local, foi erro de digitação, com um zero a mais. “Tenho a impressão que foi um erro de digitação, porque pra economizar R$80 milhões já era um efeito muito positivo. Para assegurar esse valor com segurança é preciso um estudo qualificado”, complementou Getúlio.

Hermano Morais (PMDB) falou que o valor também o chamou atenção. “Espero que ele esteja certo em relação aos números, pois esse valor vai oxigenar a administração estadual”, disse o deputado. Ainda em aparte, o deputado Fernando Mineiro (PT) explicou que acredita que o Governo se referiu aos procedimentos que podem evitar o crescimento potencial da folha de pessoal em R$ 800 milhões.

Já o deputado Carlos Augusto Maia (PTdoB), se pronunciou sobre os depósitos judiciais e disse que devem ser utilizados exclusivamente para pagamentos de precatórios.

Fonte: O Mural de Riacho da Cruz
Postagem de Josimar Lopes

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior