quarta-feira, 25 de maio de 2016

Acreano bate meta e perde 100 kg em um ano com exercícios e dieta

Eliel à esquerda com 175 quilos e à direita com com 75 (Foto: Eliel Correa/Arquivo Pessoal)

Há um ano, o jovem acreano Eliel Correa Nascimento, de 21 anos, estabeleceu como meta eliminar 100 quilos apenas com dieta e exercícios. Depois de muito suar a camisa, a meta foi batida poucos dias antes do prazo e ele comemora o resultado.

Quando começou a dieta, no dia 21 de maio de 2015, Correa pesava 175 quilos com 1,60metro. Hoje, pesando 75 quilos ele diz que seu grande segredo foi ter fé.
É difícil perder, mas, mais difícil ainda é manter."
Eliel Correa, 21 anos

"A verdade é que quando comecei minha jornada contra a obesidade eu sonhava emagrecer, mas a gente nunca acredita muito. Eu sempre tive fé e perseverei e por isso consegui. Minha vida mudou muito, hoje vivo pela saúde e pela qualidade de vida", diz.

O jovem fala que além da dieta que segue, tem uma rotina de exercícios puxada.
"São duas horas por dia, de segunda a sábado, sem faltar nenhum dia. Pra mim, não tem essa história de chuva e cansaço, eu vou sempre. Esse é o segredo, além de fé você tem que ter foco. Tem dias que eu não quero ir, mas, mesmo assim vou e quando chego na academia não me arrependo. Melhor do que ficar em casa como antes", avalia.
Eliel Correa, dentro de uma de suas antigas roupas, com seu educador físico, Sérgio Costa (Foto: Janine Brasil/G1)

O jovem explica que o peso ideal dele seria entre 65 e 70 quilos, segundo a nutricionista que o acompanha, mas ele pretende emagrecer ainda 10 quilos.

"Mais 10 pra ficar com saldo e só pegar massa magra. Quero ficar com o peso entre 65 e 70 quilos, que é o que a nutricionista sugeriu. Sei que quanto mais a gente perde, mais difícil fica, por isso que não quero perder o foco nos meus objetivos, eu até lanço esse desafio", diz. O educador físico Sérgio Costa, de 30 anos, acompanha Correa desde o início do tratamento de sua jornada. Ele lembra que no início precisou dar muito apoio para o jovem. "Ele pensava em desistir, chorava, mas hoje em dia ele tem mais disposição para treinar que muitos que conheço. Ele é um vencedor", diz.

Efeito sanfona
Sobre a possibilidade de voltar a engordar ou correr o risco de entrar no famoso efeito sanfona, Correa diz não ter medo, pois, segundo ele, quando uma pessoa faz uma reeducação alimentar ela consegue seguir uma dieta equilibrada. "Tem que trabalhar o corpo e a mente se não fizer isso fica complicado. É difícil perder peso, mais difícil ainda é manter", fala.

Projetos futuros
"Para o futuro eu projeto passar no vestibular da Ufac [Universidade Federal do Acre] em engenharia agronômica e também fazer uma cirurgia plástica para retirada de pele morta",finaliza o jovem.


Via: Serrinha de Fato.
Postagem de Evandro Lopes.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior