segunda-feira, 2 de maio de 2016

Mulher esfaqueia marido após ser agredida por negar sexo

Um serralheiro foi morto depois de ser esfaqueado pela esposa durante uma briga, na madrugada deste sábado (30), no bairro Pedro Fontes, em Cariacica-ES. A mulher estava sendo agredida pois se recusou a fazer sexo com o marido, se armou com uma faca e o golpeou. Segundo informações da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o casal estava bebendo dentro de casa quando o serralheiro, identificado como Gilberto Carlos da Silva, 33 anos, teria tentado transar com a esposa que se recusou devido a presença da filha caçula do casal, de 2 anos. Indignado com a recusa, Gilberto passou a bater na esposa. No meio da confusão, ela apanhou uma faca de cozinha e deu um único golpe na lateral do tórax. Nu e ferido, ele correu para rua na tentativa de pedir socorro. Mas caiu na rua, em frente a casa. A esposa permaneceu no local até a chegada da polícia. Identificada como sendo Sidilene de Oliveira Durães, 29 anos. Ela foi levada para o Hospital São Lucas devido aos ferimentos no corpo provocada pelas agressões do marido. Sidilene, que é auxiliar de serviços gerais, será levada para a DHPP onde prestará depoimento. O delegado de plantão vai verificar se ela ficará presa ou não.Familiares de Sidilene estiveram na DHPP para acompanhar a auxiliar de serviços gerais. Eles contaram que Sidilene era agredida constantemente desde os 14 anos quando foi morar com Gilberto, porém, por medo de ser morta, não conseguia se separar dele.


Fonte:chegandonahora.com
Postagem de Evandro Lopes.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior