segunda-feira, 6 de junho de 2016

Henrique Alves recebeu quase R$ 16 milhões de empreiteiras envolvidas em desvios no Petrolão



O atual Ministro do Turismo, Henrique Alves foi um dos políticos no Brasil que mais receberam doações de empresas enroladas assumidamente em desvios do maior escândalo de corrupção do mundo, o Petrolão. O potiguar recebeu R$ 15.600.000,00 em doações de empreiteiras, R$ 8.600.000,00 só da Odebrecht e a OAS.
O atual Ministro, em todas as oportunidades que foi citado, soltou nota afirmando que todas as doações foram legais e declaradas a justiça eleitoral, o que é verdade, todas essas doações constam na prestação de contas da campanha do ministro ao governo do RN em 2014.
O problema de Henrique não é esse, nem o dele e nem de todos que estão envolvidos nesse escândalo de corrupção. O problema é que o MPF está dizendo que a dinheirama que irrigou tudo que é campanha política pelo Brasil afora provenientes de doações de empreiteiras, foram frutos de dinheiro desviado da Petrobras e de obras da copa do mundo no Brasil em 2014.

Seguem algumas das principais doações:
Odebrecht
* R$ 5.500,000,00 em 2 doações durante a campanha.



Queiroz Galvão
* R$ 5.250.000,00 em 7 doações durante a campanha.

OAS
* R$ 3.100.000,00 em 4 doações durante a campanha


Galvão Engenharia 
* R$ 500.000,00 em 2 doações


Andrade Guitierrez
* R$ 1.250.000,00 em 2 doações



TOTAL: R$ 15.600.000,00
Via: João Moacir.
Postagem de Evandro Lopes.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior