quinta-feira, 30 de junho de 2016

Municípios tem recursos federais destinados a saúde suspensos! Riacho da Cruz está entre eles!


  Riacho da Cruz e mais trinta municípios do Rio Grande do Norte tiveram a transferência de recursos financeiros dos Componentes de Vigilância Sanitária suspenso
Foi publicada no Diário Oficial da União, a Portaria Nº 1.159, de 16 de junho de 2016, que suspende a transferência de recursos financeiros dos Componente de Vigilância Sanitária. A suspensão afeta os Entes que estão irregulares no cadastro dos serviços de vigilância sanitária do Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) e não alimentaram regularmente o Sistema de Informação Ambulatorial (SIA/SUS).


De acordo com a referida portaria, está suspensa transferência dos recursos financeiros do Componente de Vigilância Sanitária, do Bloco de Vigilância em Saúde, das parcelas 05/2016, 06/2016, 07/2016 e 08/2016, para os Municípios irregulares no monitoramento realizado em 18 de maio de 2016.



Do Alto Oeste, verificamos que a cidade de Riacho da Cruz, administrada pela prefeita Bernadete Rêgo (DEM), consta na lista dos municípios do RN identificados em situação irregular. (Veja AQUI)



os recursos do Componente da Vigilância Sanitária fazem parte do bloco financeiro de Vigilância de Saúde dos Municípios, Distrito Federal e dos Estados. Os valores são utilizados para ações de vigilância, promoção, prevenção e controles de doenças.
Com informações do Política Pauferrense.
Postagem de Evandro Lopes.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior