segunda-feira, 10 de outubro de 2016

TRE/RN impugna a chapa vitoriosa do atual prefeito em Portalegre

Recurso impetrado pela "coligação vontade do povo" (oposição em Portalegre) no TRE-RN obteve êxito e assim o registro da candidatura do vice-prefeito Ecimar Pereira foi indeferido e isso tem implicações na chapa vitoriosa.
Ou seja, ao impugnar a candidatura do vice caiu também a do prefeito, assim, os votos da chapa passam a ser considerados nulos.
Ressalte-se que cabe recurso para o TSE (Brasília), mas enquanto não for julgado na capital federal o prefeito Neto e o vice Ecimar não podem ser diplomados, nem, evidentemente, assumir em primeiro de janeiro de 2016.
É provável que o julgamento em Brasília ocorra antes de primeiro de janeiro, mas até isso ocorrer, tem-se que os votos da chapa Neto/Ecimar são considerados nulos.
Se o julgamento não ocorrer em Brasília, até primeiro de janeiro, o candidato que será diplomado será o "Careca". Caso o julgamento ocorra e acompanhe o entendimento do TRE-RN (pelo indeferimento da candidatura de Ecimar Pereira) pode ser que o Careca ou ser marcada nova eleição.
 
O placar pelo indeferimento da candidatura de Ecimar Pereira foi de 5 votos a 1. Um resultado muito elástico e que terá repercussão no julgamento em Brasília.
 
Isso demonstra que o risco de colocar Ecimar na chapa foi muito alto...
 
Fonte: Sertão Potiguar / João Moacir.
Evandro Lopes.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior