sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Em revista de rotina, preso engole celular e é levado a hospital

O ajudante geral Douglas Eduardo Quirino Lopes, de 21 anos, que está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Jundiaí, engoliu um telefone celular e teve de ser levado ao Pronto Socorro do Hospital São Vicente de Paulo.

Lopes teria engolido o aparelho, de 7 centímetros de comprimento, durante revista de rotina no presídio, da Rodovia dos Bandeirantes.

Um agente penitenciário desconfiou das atitudes do detento e o conduziu ao hospital, no centro de Jundiaí, para a realização de exame de raios x. No exame foi confirmado que o aparelho estava no estômago de Douglas Lopes. O preso acabou confessando que engoliu porque ficou com medo das consequências se fosse flagrado com o aparelho na cela.
 
Fonte:Robson Pires.
Evandro Lopes.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior