quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Dom Paulo Evaristo Arns morre em São Paulo aos 95 anos

 
Arcebispo emérito estava internado com broncopneumonia desde 28 de novembro. Com 50 anos de bispado, teve atuação importante no combate à repressão na ditadura militar.
Arcebispo emérito estava internado com broncopneumonia desde 28 de novembro. Com 50 anos de bispado, teve atuação importante no combate à repressão na ditadura militar.

Morreu nesta quarta-feira (14) o cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de São Paulo. Ele estava internado no Hospital Santa Catarina em decorrência de uma broncopneumonia. D. Paulo tinha 95 anos.
O religioso foi internado no dia 28 de novembro para tratar de problemas pulmonares. Com o passar do dia o estado de saúde piorou, e ele teve de ir para a UTI por causa de dificuldades na função renal. Segundo o hospital, Arns morreu às 11h45 por falência múltipla dos orgãos.
O velório de D. Paulo será na Catedral da Sé, no Centro de São Paulo, e deve durar 48 horas. Ele deve ser sepultado na cripta da catedral.
O comunicado da morte de Arns foi feito em nota divulgada pela Arquidiocese de São Paulo. O arcebispo metropolitano, Dom Odilo Scherer, afirmou em nota que Arns “entregou sua vida a Deus, depois de tê-la dedicado generosamente aos irmãos neste mundo”.


Fonte: G1.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior