quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Fila de espera do Programa Bolsa Família é zerada pela quarta vez no ano

Resultado de imagem para Fila de espera do Programa Bolsa Famíliaé zerada pela quarta vez no ano
Em setembro, 218 mil famílias brasileiras passaram a receber o benefício;
pagamento começa nesta segunda-feira (18) e segue até o dia 29
Brasília – A fila de espera do Programa Bolsa Família foi zerada pela quarta vez em 2017, após a inclusão de mais de 218 mil famílias em setembro. Neste mês, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) repassará mais de R$ 2,4 bilhões a quase 13,5 milhões de famílias brasileiras. O pagamento do benefício, cujo valor médio é de R$ 179,64, começa nesta segunda-feira (18) e segue até o dia 29 de setembro. Nos meses de janeiro, fevereiro e agosto, todos os beneficiários que aguardavam para entrar no programa também foram incluídos, um feito inédito desde a criação do Bolsa Família.
Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, o tempo que o MDS leva para identificar inconsistências nos cadastros de beneficiários diminuiu, graças a cruzamentos de dados mais frequentes. Segundo ele, isso garante uma melhor gestão e governança do programa de transferência de renda. “Ao zerar a fila de espera, o governo federal mostra que é possível aprimorar os mecanismos de controle do Bolsa Família, afastando as pessoas que tinham renda maior e direcionando o benefício para quem mais precisa”, afirmou Terra.
Para garantir que o recurso chegue a quem necessita, o MDS vem comparando as informações declaradas pelos beneficiários no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal a diversas bases de dados oficiais. Além de realizar o cruzamento antes de conceder o benefício às famílias inscritas, a gestão do programa tem executado o procedimento com maior frequência, expandindo o número de bases de dados oficiais usadas na comparação.
Queda no retorno – Dados do MDS apontam queda de 42% no número de famílias que retornaram ao programa, na comparação com anos anteriores. A pasta estima que, em 2017, aproximadamente 303 mil famílias voltarão a receber o benefício. Os números são inferiores aos patamares de 2016, quando 519 mil famílias retornaram ao Bolsa Família, e de 2015, quando o MDS registrou o retorno de 423 mil famílias.
De acordo com o secretário-executivo do MDS, Alberto Beltrame, essa redução está relacionada ao aquecimento da economia e à retomada do crescimento. “Mesmo em um cenário de ajuste fiscal e de dificuldades econômicas, uma boa governança do Bolsa Família tem permitido manter o programa sustentável, sem deixar na espera uma única família elegível e que necessite do programa”, destacou.
Pagamento Bolsa Família - setembro/2017
REGIÃO UF  Famílias   Valor pago (R$)   Benefício médio 
  DF           77.710         12.415.295,00      159,76
GO         301.341         45.478.785,00      150,92
MS         123.025         20.868.247,00      169,63
MT         156.966         25.312.392,00      161,26
CENTRO OESTE         659.042       104.074.719,00      157,92
  AL         393.978         73.314.043,00      186,09
BA      1.790.188       322.233.939,00      180,00
CE      1.012.653       181.178.481,00      178,91
MA         962.903       200.585.223,00      208,31
PB         501.105         97.508.842,00      194,59
PE      1.121.854       198.182.595,00      176,66
PI         437.533         88.976.850,00      203,36
RN         337.792         59.668.772,00      176,64
SE         270.781         45.112.856,00      166,60
NORDESTE       6.828.787    1.266.761.601,00      185,50
  AC           83.430         21.620.438,00      259,14
AM         377.702         84.813.531,00      224,55
AP           66.205         14.053.447,00      212,27
PA         910.180       179.863.321,00      197,61
RO           83.181         12.411.721,00      149,21
RR           43.674            8.996.698,00      206,00
TO         122.097         22.006.595,00      180,24
NORTE       1.686.469       343.765.751,00      203,84
  ES         162.493         26.441.783,00      162,73
MG      1.021.287       171.958.957,00      168,37
RJ         770.083       133.024.772,00      172,74
SP      1.466.741       234.333.060,00      159,76
SUDESTE      3.420.604       565.758.572,00      165,40
  PR         354.814         54.057.532,00      152,35
RS         353.343         57.120.313,00      161,66
SC         114.640         18.779.405,00      163,81
SUL          822.797       129.957.250,00      157,95
Total     13.417.699    2.410.317.893,00      179,64

Saiba mais:
Programa de transferência de renda condicionada, o Bolsa Família é pago mensalmente a famílias com renda per capita de até R$ 170.  Ao entrar no programa, as famílias recebem o dinheiro mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação. Os saques são feitos de forma escalonada, ou seja, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS). Saiba mais clicando aqui.

MDS.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior