sábado, 2 de setembro de 2017

Vereador Raimundo Lopes têm projetos aprovados na ultima sessão parlamentar em Viçosa.




Foi realizada na manhã deste dia 01 de setembro, mais uma sessão na Câmara Municipal de Viçosa. Na ocasião os vereadores do município aprovaram três projetos de lei tendo como objetivo homenagear filhos da terra em justas homenagens.

Na oportunidade, o vereador Raimundo Lopes apresentou dois projetos de lei, de número 01/2017 e 02/2017, com objetivo de homenagear filhos da terra.

Projeto de lei nº 01/2017

Será uma homenagem justa e merecida à memória de uma cidadã naturalizada viçosense bem como aos seus familiares que seguem trabalhando e contribuindo para o progresso e desenvolvimento deste município. Filha de Herculano Rodrigues Neves e Maria dos Anjos Oliveira, nasceu em seis de abril de mil novecentos e dezesseis. Aos dezessete anos de idade veio residir em Viçosa e em 1937, casou-se com Silvestre Gomes Pinto, o primeiro prefeito desta terra e com ele teve dezesseis filhos. 

Foi a pioneira das primeiras damas da referida cidade e seu legado ficará para sempre na memória daqueles que a conheceram pois foi uma mulher do bem, de conduta exemplar, quer como mãe de família ou como cidadã honrada. Faleceu no dia vinte e seis de setembro de dois mil e quatro aos 88 anos de idade. "Disse Raimundo Lopes"

Projeto de lei nº 02/2017

O projeto de lei busca homenagear o ilustre e saudoso, Vereador José Gomes de Oliveira, sendo que tal objetivo se prende ao fato  de que o senhor Zé de Bento, como era conhecido, sempre foi uma pessoa honrada, idônea e querida por todos os moradores de Viçosa que tiveram a satisfação de conhecê-lo. Era um dos dez filhos de Bento Tavares de Oliveira e Ambrozina Gomes Pinto, nascido em Viçosa, aos seus dias do mês de novembro de 1936, portanto viçosense nato.

No ano de 1960, casou-se com Severina Lopes de Oliveira, tiveram sete filhos e foi aqui neste chão, que derramou seu suor a fim de criar e educar seus filhos com dignidade e honradez, sempre demonstrando apego por sus cidade. Na década de 80 ingressou na carreira política e seduzido por ela nunca mais a deixou. Foi vereador por sete mandatos consecutivos, sendo o último, interrompido por sua morte, ocorrida em 27 de dezembro de 2013, um dia antes do aniversário de 50 anos de emancipação política da cidade, que naquele ano, ao invés de festejar, chorou pela partida de um filho ilustre.

Por toda a sua contribuição que este estimado cidadão fez pela nossa cidade de Viçosa, nada mais justo que seja homenageado. "Frisou o vereador".





Assessoria de Comunicação da CMV

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior