segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Capitais batem recorde de calor nos últimos dias. Saiba como amenizar os efeitos do clima seco

 http://www.imcgrupo.com/impress/gt/obj_strip/obj_strip_110099_0_full.jpg
No último fim de semana o calor não deu trégua em diversas partes do país. No centro-oeste, as capitais Goiânia (GO) e Brasília (DF) marcaram altas temperaturas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a madrugada de 16 de outubro foi a mais quente do ano até agora, com recorde de maior temperatura mínima em 2017 nas duas cidades, 24,3°C em Goiânia e de 22,3°C em Brasília.
A má notícia é que o ar seco em GO e no DF irá continuar ao menos nos próximos dias. Isso devido a um sistema de alta pressão atmosférica em níveis médios que ganhou força novamente sobre a região de Goiás sobre o Distrito Federal. Isto vai reduzir ainda mais a disponibilidade de umidade e a chance de chuva esta semana.
O tempo seco e quente vai predominar no restante da semana. Com a calor e a baixa temperatura, a saúde pode ser diretamente afetada. Com alguns cuidados é possível amenizar os efeitos colaterais do calor, como conta o otorrinolaringologista Jairo de Bairros. "Um dos sintomas mais comuns do calor é sentir a boca e o nariz seco. A hidratação é fundamental. O consumo de água é imprescindível", explica o especialista do Instituto Brasiliense de Otorrinolaringologia (IBORL).
Sobre a quantidade de água necessária para cada organismo, uma das dicas do médico é observar diariamente a urina. "Precisar uma quantidade exata é muito relativo, fala-se em no mínimo 2 litros por dia. Observe a urina todos os dias. Se estiver com cor forte é preciso consumir mais líquido, se estiver clara, a quantidade é ideal", exemplifica.
Além do consumo de líquido, Barros elencou algumas medidas comportamentais diárias que também podem melhorar a qualidade da saúde durante os dias de altas temperaturas.
- O umidificador de ar, quando bem utilizado, ajuda muito a manter o equilíbrio do ar;
- Lave o nariz algumas vezes durante o dia com soro;
- Hidrate as vias nasais com pomadas (como Bepantol, óleo Jonhson's) e até azeita de oliva – uma alternativa mais natural que pode inclusive ser usada com os bebês;
- Lave as mãos utilizando água e sabão várias vezes ao dia a fim de evitar contaminações;
- Apesar do calor, evite longas exposições ao ar condicionado, pois o aparelho retira a umidade do ar;
- Evite consumir alimentos pesados e de difícil digestão, priorizando comidas leves e saudáveis, além de frutas ricas em água (melancia, morango, melão);
- Evite exposição ao sol, principalmente entre as 10h e 16 horas;
- Estender uma toalha úmida no quarto, ou no ambiente em que você permanecerá, tem o mesmo efeito do umidificador de ar.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior