terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Justiça do RN é a quinta que mais gasta com auxílios a magistrados no Brasil

Dados divulgados pelo Conselho Nacional de Justiça foram repassados pelos tribunais estaduais de todo o país.

Sede do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Natal (Foto: Divulgação/ TJRN)
Sede do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Natal (Foto: Divulgação/ TJRN)

 

Além dos salários de juizes, desembargadores e servidores, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte gasta quase R$ 18,5 milhões por ano com auxílios-moradia, saúde e alimentação pagos aos magistrados. Com isso, a Justiça estadual fica em quinto lugar no ranking dos Tribunais que mais gastam com benefícios, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça, que recebeu informações de todos os tribunais do país sobre salários e outras vantagens pagas.
Ao todo, o TJ estadual tem 247 magistrados com salários brutos de R$ 28.156,00, em média. Embora outros estados cheguem a gastar mais com auxílios, devido a quantidade de juízes e desembargadores que possuem, o RN fica em quinto colocado por causa do valor médio recebido mensalmente pelos seus juízes: R$6.241. Superam o TJRN os tribunais do Mato Grosso do Sul, do Amapá, do Maranhão e de Minas Gerais.
Os 27 Tribunais de Justiça em todo Brasil gastaram quase R$ 900 milhões com auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio-saúde a mais de 13 mil juízes.
Além das verbas recebidas mensalmente, os magistrados potiguares receberam em outubro deste ano auxílios-moradia retroativos ao período entre 2009 e 2014. Alguns deles chegaram a ganhar R$ 211 mil de uma só vez. Ao todo, foram gastos R$ R$ 39.548.370,68. Esse valor não entrou nessa conta. 

Gastos dos Tribunais de Justiça com auxílios a magistrados
Média por magistrado (em R$ 1 mil)3,1463,1463,423,423,9983,9984,1064,1064,2154,2154,7634,7635,1485,1485,2125,2125,4415,4415,7995,7996,2416,2416,5896,5898,3888,388TJGOTJRSTJMTTJALTJPETJSPTJPATJDFTJCETJPRTJRJTJSCTJROTJSETJBATJRRTJESTJPBTJAMTJTOTJACTJPITJRNTJMGTJMATJAPTJMS0246810
TJGO
3,146
Fonte: Conselho Nacional de Justiça

Gastos anuais dos Tribunais de Justiça com auxílios-moradia, alimentação e saúde e a média paga a cada magistrado

  1. Mato Grosso do Sul: R$ 21.742.764 (R$ 8.388 por magistrado)
  2. Amapá: R$ 7.453.135 (R$ 7.861 por magistrado)
  3. Maranhão: R$ 25.865.844 (média de R$ 6.589 por magistrado)
  4. Minas Gerais: R$ 117.716.484 (média de R$ R$ 6.337 por magistrado)
  5. Rio Grande do Norte: 18.496.932 (média de R$ 6.241 por magistrado)
  6. Piauí: R$ 13.619.340 (média de R$ 6.102 por magistrado)
  7. Acre: R$ 7.863.768 (média de R$ 5.799 por magistrado)
  8. Tocantins: R$ 8.656.356 (média de R$ 5.636 por magistrado)
  9. Amazonas: R$10.903.464 (média de R$ 5.441 por magistrado)
  10. Paraíba: R$ 17.513.448 (média de R$ 5.269 por magistrado)
  11. Espírito Santo: R$ 29.092.356 (média de R$ 5.225 por magistrado)
  12. Roraima: R$ 3.690.120 (média de R$ 5.212 por magistrado)
  13. Bahia: R$ 37.205.460 (média de R$ 5.159 por magistrado)
  14. Sergipe: R$ 12.045.912 (média de R$ 5.148 por magistrado)
  15. Rondônia: R$ 12.396.204 (média de R$ 4.990 por magistrado)
  16. Santa Catarina: R$37.781.952 (média de R$ 4.763 por magistrado)
  17. Rio de Janeiro: R$68.190.888 (média de R$ 4.457 por magistrado)
  18. Paraná: R$65.653.644 (média de R$ 4.215 por magistrado)
  19. Ceará: R$28.880.424 (média de R$ 4.215 por magistrado)
  20. Distrito Federal: R$24.050.352 (média de R$ 4.107 por magistrado)
  21. Pará: R$23.009.004 (média de R$ 4.106 por magistrado)
  22. São Paulo: R$ 165.205.932 (média de R$ 4.055 por magistrado)
  23. Pernambuco: R$33.632.916 (média de R$ 3.998 por magistrado)
  24. Alagoas: R$10.094.772 (média de R$ 3.949 por magistrado)
  25. Mato Grosso: R$18.181.704 (média de R$ 3.420 por magistrado)
  26. Rio Grande do Sul: R$48.832.236 (média de R$ 3.319 por magistrado)
  27. Goiás: R$26.728.560 (média de R$ 3.146 por magistrado)

G1RN.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior