terça-feira, 13 de março de 2018

Mesmo professores da UERN querendo voltar, ADUERN não quer convocar nova assembleia para deliberar

 
Resultado de imagem para greve uern
Um grupo de cem professores que defendem o retorno das atividades na Uern entregou à diretoria da Aduern documento solicitando assembleia da categoria, para quarta-feira, para deliberar sobre o fim ou a continuidade da greve dos docentes, iniciada no dia 10 de novembro do ano passado.

O pedido foi negado pela diretoria da associação, que ignorou seu próprio estatuto.

O estatuto da associação prevê, em seu artigo 20, que a assembleia geral pode ser convocada, além da diretoria ou por seu Conselho de Representantes, por no mínimo 10% dos seus sindicalizados.

Na sexta-feira passada, os estudantes da universidade, por meio de assembleia estudantil, aprovaram por maioria a defesa pelo fim da greve na universidade.

O fato foi um dos motivos que levou os professores que integram a lista a pedirem nova assembleia. Na última reunião para tratar da greve, a continuidade do movimento foi aprovada por 116 docentes, contra 100 que votaram pelo fim da paralisação. 

Blog do BG.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior