quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Prefeito de Sousa, na Paraíba é acusado de agredir advogada e está proibido de se aproximar dela

A cidade de Sousa encontra-se em choque, quando foi surpreendida na noite deste sábado (8), ao tomar conhecimento de uma medida protetiva, que foi requerida por Myrian Benevides Gadelha, Filha do ex-prefeito de Sousa Salomão Gadelha (Já Falecido), contra o atual prefeito da cidade Fábio Tyrone Braga de Oliveira (PSB), com quem mantinha um affair. Tyrone é acusado de supostamente tê-la agredido, com chutes, tapas e xingamentos, na noite da última quinta-feira (6), na cidade de João Pessoa.
Segundo o que consta no processo, Tyrone não teria aceitado que ela cumprimentasse algumas pessoas em um restaurante que o casal se encontrava, e em uma crise de ciúmes descontrolado, o prefeito teria desferido tapas em seu rosto, chutes em seu corpo, e a xingado de nomes como: ‘Puta’, ‘Vadia’, dentre outros.
A decisão foi publicada em vários grupos de whatsapp, e a própria advogada Myrian Gadelha publicou em seu instagram fotos mostrando as supostas agressões.

300 Metros
Na decisão, o Desembargador Ricardo Vital de Almeida do Tribunal de Justiça (TJ/PB), determinou que Fábio Tyrone não pode se aproximar por pelo menos 300 metros de locais que ela (a vítima) esteja.
Ainda na denúncia, Myrian Gadelha lembra de um outro processo em que o atual prefeito é acusado de ter agredido uma outra mulher, onde também na época, foi concedida uma medida protetiva.
A assessoria do Prefeito Fábio Tyrone foi procurada pela redação do Portal Sertão Informado para dar a versão dele, mas até agora não foi localizada. O Espaço fica aberto. 
Fonte: Sertão Informado.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior