segunda-feira, 22 de abril de 2019

Governo do RN afirma que vai decretar situação de emergência por enxurrada em três municípios

 Foram afetados pelo rompimento de barragens os municípios de Fernando Pedroza, Angicos e Santana do Matos, todos na região Oeste. Outras barragens também correm risco de ruptura.
Enxurrada destruiu a cabeceira de uma ponte sobre a RN-041, principal acesso ao município de Santana do Matos — Foto: Defesa Civil de Santana do Matos
Enxurrada destruiu a cabeceira de uma ponte sobre a RN-041, principal acesso ao município de Santana do Matos — Foto: Defesa Civil de Santana do Matos
O Governo do Rio Grande do Norte anunciou na noite deste domingo (21) que vai decretar situação de emergência por enxurrada nos municípios de Fernando Pedroza, Angicos e Santana do Matos. Neste último, a cabeceira de uma ponte na RN-041 foi destruída pela força das águas do Rio São Miguel. Dois veículos foram arrastados pela correnteza. Duas pessoas foram resgatadas com ferimentos leves.
A enxurrada no Rio São Miguel também levou os canos de uma adutora que passava na margem da RN-041. Com a adutora danificada, quatro comunidades rurais na região estão sem água. Não há previsão para a retomada do abastecimento.
De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do RN, as localidades afetadas são Santa Maria, São José da Passagem, Tapuia e Mulungu. A Caern informou ainda que só será possível realizar os reparos na tubulação depois que o nível da água baixar.

A enxurrada 

Carro foi arrastado pela correnteza   — Foto: Redes Sociais
Carro foi arrastado pela correnteza — Foto: Redes Sociais

A enxurrada aconteceu por causa da ruptura das paredes das barragens São Miguel 1, Vavá 1 e São Pedro, todas no município de Fernando Pedroza. Outros reservatórios da região também correm alto risco de rompimento.
Com a situação de emergência decretada, será possível dar suporte técnico e receber recursos por parte do Governo Federal.
“Com a ruptura da parede do açude São Miguel 1, Vavá 1 e São Pedro, todos de propriedade privada, há o alto risco de rompimento da barragem Vavá 2 e São Miguel 2, em Fernando Pedroza. O preocupante, segundo a Defesa Civil, é que este último se trata de açude de maior volume de água com relação aos que já romperam. Ainda não é possível informar quantas pessoas seriam afetadas com a possível ruptura da parede desses açudes”, destacou o governo.

BR-304

A Defesa Civil também vistoriou, neste domingo (21), a ponte na BR-304 que está em situação crítica devido à erosão provocada pela forte correnteza ocorrida da noite do sábado (20). Já foram acionados o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Mais chuvas

Segundo a gerência de meteorologia da Emparn, as condições continuam favoráveis à ocorrência de chuvas em todas as regiões do estado. Nos próximos dias, além da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), tem também a chegada de uma frente fria que pode contribuir para o aumento de chuvas, principalmente no interior. 

G1 RN.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior