terça-feira, 24 de setembro de 2019

Aliada à educação, conectividade dinamiza interação em sala de aula

A pernambucana Safetec, única parceira premier Google Cloud no Norte e Nordeste, auxilia instituições de ensino a utilizar tecnologia no processo de aprendizagem.

A tecnologia vem mudando as mais variadas formas de interação social: como a gente paquera, consome, produz e, também, como aprende e ensina. Usar aplicativos para além dos sites de buscas e das redes sociais, como um potente recurso didático e de fácil estímulo aos estudantes, tem se tornado um importante aliado no processo de aprendizagem. Mas ainda a passos lentos aqui no Brasil. A pesquisa anual Tecnologia de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras (TIC Brasil 2017) apontou que o uso do computador e da Internet para a realização de tarefas dentro do ambiente escolar é comum entre 37% dos alunos de escolas públicas e 50% dos alunos de escolas particulares. 

Ainda de acordo com a pesquisa, 36% dos professores de escolas públicas tiraram dúvidas on-line, enquanto chega a 66% entre os professores de escolas particulares. “Temos um perfil de aluno muito diferente de alguns anos atrás e a metodologia de ensino não passou por mudanças tão significativas para acompanhar esta evolução. Assim, a educação ficou cada vez mais desconectada do universo dos alunos e professores”,  explica Antonio Lapa, CEO da Safetec, representante certificada da Google for Education no Norte e Nordeste. “O caminho para romper essa lacuna é agregar o uso das tecnologias de forma natural aos ambientes educacionais para conectar melhor quem ensina e quem aprende, ou seja, dividir o protagonismo entre professor e aluno.”

E essas soluções podem ser alcançadas com apenas alguns cliques. O Google oferece uma plataforma especialmente desenvolvida para o segmento: o Google for Education. São disponibilizadas ferramentas capazes de explorar toda as possibilidades de comunicação, interação, colaboração e gestão de atividades, com soluções específicas para a sala de aula. “Antes de criar a tecnologia, o Google fez pesquisas para entender sobre as necessidades dos professores e alunos. Os resultados deram origem a uma tecnologia mais interativa e experimental, colaborativa, personalizada, orientada a projetos autogerenciados, assim como a equipamentos especialmente desenvolvidos para tal, os Chromebooks. Isso contribui com a formação do profissional do futuro, entregando ao mercado um indivíduo com as qualificações desejadas, que saiba trabalhar em grupo, dividir conhecimento e resolver problemas”, diz Lapa.

“A jornada da transformação digital na educação ainda é um longo caminho a se percorrer, principalmente no Brasil. É algo que oferece grandes possibilidades, com um potencial enorme”, conclui o especialista. Atualmente, cerca de 80 milhões de usuários em todo o mundo já contam com a experiência do G Suite for Education e mais de 20 milhões usam o Google Sala de aula.

Em Pernambuco, a Safetec ajudou a introduzir a plataforma em instituições como a Universidade Católica de Pernambuco e o Colégio Damas. "Nós estamos diante de uma geração que funciona melhor com a tecnologia. Quando a gente traz isso para dentro da sala de aula, a aprendizagem acontece de forma mais eficiente, porque eles  estão ali com tudo o que eles vivem na sociedade", conta Ana Lúcia Arteiro, coordenadora do Damas. "Facilitou tanto a interação entre professor e aluno, quanto a interação entre os professores", ressalta. “O aluno pode produzir o próprio texto no documento. Isso incentiva ele a escrever, se concentrar e trocar ideias com outros colegas. Ele envia o mesmo documento para mim e eu corrijo na mesma hora, no próprio documento. Posso colocar soluções, auxiliar, e tenho a possibilidade de corrigir e devolver e eles colocarem outras observações”, complementa Regina Paes, professora de produção textual do Damas. 

Já para Silvio Guedes, aluno do 6º ano, os Chromebooks ajudaram a melhorar o desempenho em sala de aula, mas também o meio-ambiente. “A gente usa a tecnologia de uma forma que não vai precisar de papel e lápis, ou seja, salvamos milhões de árvores."

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior