segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Mais de 28,5 mil faltam ao segundo dia de provas do Enem no Rio Grande do Norte.

Provas do segundo dia do Enem 2019 — Foto: Ana Carolina Moreno/G1
Provas do segundo dia do Enem 2019 — Foto: Ana Carolina Moreno/G1
 
No segundo domingo de aplicação do Enem, 28.518 candidatos do Rio Grande do Norte faltaram à prova. O número representa 23,9% do total de inscritos no estado e foi divulgado no levantamento nacional do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o exame.
Ao todo, o RN teve 119.324 inscritos. Desse total, 90.806 compareceram ao segundo dia de provas e 28.518 faltaram. O número de faltosos cresceu em relação ao primeiro domingo de Enem, quando 20,5% (24.430) dos candidatos foram considerados ausentes.
Com isso, o estado teve presença de 76,1% dos candidatos - uma porcentagem maior que a média nacional, que é de 72,81%. Segundo o Inep, esse resultado nacional foi o melhor da história do Enem, considerando o período a partir de 2009, com o formato atual de prova. Até então, o melhor havia sido em 2018: 75,24%.


No segundo dia do Enem, foram realizadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias, com 45 questões, cada. A aplicação teve duração de cinco horas, com acréscimo para alguns candidatos com necessidades especiais.

Eliminados

De acordo com o levantamento do Inep, em todo o país, 371 candidatos foram eliminados no segundo dia de provas. O Enem de 2019 foi realizado com novas regras de segurança. A principal mudança foi em relação à proibição de emissão de sons por aparelhos eletrônicos, mesmo dentro do envelope porta-objetos fornecido pelos fiscais de prova. Dentre os eliminados também estão pessoas que se negaram a ser identificadas por biometria, por exemplo.
Na semana passada, outros 376 participantes já haviam sido desclassificados. Contando os dois dias, portanto, são 747 candidatos eliminados.

Reaplicação

O segundo dia ainda contou com 76 ocorrências de problemas de logística. A lista inclui emergências médicas, queda de energia elétrica, interrupção no abastecimento de água, desastres naturais, entre outros. Quem se sentir prejudicado pode solicitar a reaplicação. O pedido deve ser feito de 11 a 18 de novembro, por meio da Página do Participante, no site do Enem.
A resposta do Inep às solicitações para a reaplicação sai em 27 de novembro. A reaplicação da prova do Enem está marcada para 10 e 11 de dezembro. O pedido pode ser realizado por inscritos que não tenham conseguido fazer as provas em decorrência dos problemas citados. 

G1 RN.

0 comentários


EnviarEmoticon

Próxima Proxima
Anterior Anterior