-->

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Deputado estadual é condenado por contratação irregular de empresa quando era prefeito de cidade do RN

 Para Justiça, Galeno Torquato participou de esquema de favorecimento a empresa de eventos em 2010, quando era gestor de São Miguel. Denúncia foi do MPF.
Deputado estadual Galeno Torquato é deputado estadual no RN — Foto: ALRN/Divulgação

Após pedido do Ministério Público Federal (MPF), a Justiça condenou o deputado estadual Galeno Torquato por improbidade administrativa. Para os investigadores, ele participou de um esquema que utilizou recursos públicos para favorecer uma empresa particular na contratação de bandas para a festa junina do Município de São Miguel em 2010, quando era prefeito do município.
Além de Galeno Torquato, foram condenados o ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL) de São Miguel, uma empresa de eventos e o responsável por ela. Por meio de sua assessoria de imprensa, o deputado afirmou que ainda cabe recurso à decisão e que isso está sendo providenciado pela sua defesa.
O deputado e o presidente da comissão foram sentenciados à suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos e multa (R$ 10 mil para o primeiro e R$ 5 mil para o segundo). O empresário, por sua vez, recebeu como sentença multa de R$ 5 mil e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de cinco anos, mesma pena aplicada à sua empresa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiro MAGALU