-->

quinta-feira, 12 de março de 2020

Facção propôs R$ 1,5 milhão por morte de governador do CE e ex-secretário do RN

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), era um dos alvos da facção criminosa que coordenou ataques no estado em setembro do ano passado, como revelou a investigação da Polícia Federal.
O nome do petista constava numa lista de alvos que os criminosos queriam ver mortos obtida pelo jornal O Povo. A recompensa para quem matasse Santana era de R$ 1 milhão.
Fonte: Robson Pires.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiro MAGALU