-->

segunda-feira, 8 de junho de 2020

Vinte funcionários da Petrobras testam positivo para Covid-19 em 10 dias no Pólo Guamaré, diz sindicato

De acordo com o Sindipetro, 16 casos ocorreram apenas na semana passada. Maior parte dos trabalhadores cumpre quarentena em um hotel de Mossoró, no Oeste potiguar.

Funcionários trabalham em manutenção de unidade de tratamento da Petrobras no pólo de Guamaré (Arquivo) — Foto: Igor Jácome/G1

Em um espaço de 10 dias, pelo menos 20 funcionários diretos da Petrobras foram diagnosticados com Covid-19 no Pólo Guamaré, na região da Costa Branca do Rio Grande do Norte. A maior parte deles, 16, foi somente na semana passada. A informação foi confirmada ao G1 pelo Sindipetro - o sindicato que representa os trabalhadores.

Entre os testados positivos, 16 petroleiros que apresentaram sintomas menos graves e estão em tratamento, cumprindo quarentena em um hotel de Mossoró, no Oeste potiguar. Outros quatro foram transferidos para Natal, para atendimento médico mais especializado, inclusive internação, segundo o sindicato.

"Foi um susto, esse caso do ativo industrial de Guamaré, pela velocidade e quantidade de pessoas confirmadas. 80% dos casos foi em uma semana, um surto", afirmou o presidente do sindicato, Ivis Corsino.

Para ele, a situação pode ser ainda mais grave, porque o sindicato afirma que apenas os trabalhadores diretos estão sendo testados, embora dividam espaços de trabalho com terceirizados. Ivis afirmou que a categoria quer que sejam realizados testes rápidos em todos os funcionários ao chegarem nas unidades da empresa.

Em Guamaré, por exemplo, os alojamentos dos funcionários são compartilhados. Enquanto um trabalhador está no turno diurno, o quarto é ocupado por um funcionário que irá trabalhar no turno noturno.

Em nota, a Petrobras afirmou que testa todos os funcionários próprios e das empresas contratadas e disse que atualmente a companhia tem 217 empregados próprios com confirmação para Covid-19 e em tratamento, dentre os seus mais de 46.500 empregados.

"Todos são monitorados por equipes de saúde da Petrobras e a companhia atua junto às empresas prestadoras de serviços para que também monitorem seus colaboradores", afirmou. A estatal ainda afirmou que não houve impacto na produção.

A empresa também afirmou que está investindo mais de R$ 30 milhões em ações de saúde e prevenção para seus colaboradores, desde a adoção do teletrabalho para as funções administrativas e pessoas no grupo de risco - há 30 mil pessoas trabalhando em casa - até a testagem de todos os colaboradores com suspeita, com testes padrão ouro (RT-PCR).

"A companhia também adota os testes rápidos, que identificam anticorpos, antes do embarque para unidades com confinamento e em outras situações operacionais. Foram mais de 26 mil testes realizados (até 5 de junho)".

Em uma semana, entre os sábados 30 de maio e 6 de junho, o município de Guamaré, onde o pólo fica localizado, registrou um aumento de 67% no número de casos confirmados, passando de 46 para 77. O número de mortes quadruplicou. Era apenas uma e agora são 4, conforme os dados dos boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap).

Até este domingo (7), o estado registrou 9.452 casos confirmados de Covid-19 e 424 mortes pela doença.


G1 RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiro MAGALU