Mercadinho Miragem - Umarizal/ RN

Você já se acostumou com ele.

Rodrigo Turismo

Rodrigo Turismo - 9627-4146 e 9625-0220

segunda-feira, 30 de março de 2015

3º decêndio do FPM em março foi 15,37% maior que a última estimativa divulgada


O terceiro decêndio de março do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será de R$ 1.863.188.591,73, descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O repasse está sendo feito nesta segunda-feira, dia 30. O montante bruto é de R$ 2.328.985.739,66.

 
De acordo com cálculos da Confederação Nacional de Municípios (CNM), os três decêndios deste mês somam R$ 6.046 bilhões. Em 2014, no mesmo mês a soma foi de R$ 5.404 bilhões. Portanto, houve crescimento de 11,88%, em termos reais – que considera a inflação.
 
Por outro lado, em relação a fevereiro deste ano, o FPM de março apresentou queda de 27,16%. Mas, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) informou que este 3.º repasse do mês foi 15,37% maior que a última estimativa divulgada dia 13 de março. Para abril a previsão é de um crescimento de 12% em relação a março.
 
Acumulado
No acumulado de 2015, o FPM soma R$ 22.578 bilhões. No mesmo período de 2013, o acumulado ficou em R$ 23.268 bilhões. Em termos reais, o FPM está 2,96% menor do que o mesmo período do ano anterior. Assim, a CNM mantém o alerta aos gestores que tenham cautela e prudência na execução das despesas.

Postagem de Josimar Lopes

Cantor de Banda de Forró desabafa em redes sociais.



Clique nas imagens para ampliar.


Fonte: Facebook Oficial do Cantor João Netto
Postagem de Josimar Lopes

Saúde, com Dr. Ernane Pinheiro


Postagem de Josimar Lopes

Avião da Turkish Airlines para São Paulo aterrissa em Casablanca por ameaça de bomba

Um avião da Turkish Airlines com destino a São Paulo desviou sua rota e aterrissou em Casablanca depois de declarar emergência por conta de uma ameaça de bomba, disse uma porta-voz da companhia.
O voo TK15 saiu de Istambul com cerca de 250 passageiros a bordo, quando declarou emergência e desviou sua rota informou a porta-voz.
O Boeing 777 pousou em Casablanca por volta das 9h30 (horário de Brasília).
Nenhuma outra informação estava imediatamente disponível.
Procurada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse não ter informações sobre o voo desviado.
Fonte: MSN
Postagem de Josimar Lopes

ITAÚ: NOVA GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA!




A empresa de roupas íntimas da cidade de Taboleiro Grande(RN),(ELLISI MODA ÍNTIMA),se instala na cidade de Itaú,empregando logo de início 09(nove), pessoas na área de confecções de roupas íntimas. Nesta manhã de segunda-feira(30), conversei com algumas costureiras e as mesmas me disseram que estão gostando muito de trabalhar com confecções de roupas e com essa nova oportunidade chegou na hora certa. O salário que ganhamos dá para pagar nossas continhas como: água, energia, telefone, internet, etc. Já, alguns populares disseram neste domingo(29), através do FACEBOOK do redator deste blog que é uma grande iniciativa por parte da empresária taboleirense (Salete), em tá investindo e capacitando pessoas desempregadas em Itaú. Esperamos que venha mais iniciativas por parte de Salete e aos demais que queira investir em nossa cidade.

Claudio Oliveira da Redação do BLOG NO FOCO DAS NOTÍCIAS.
Postagem de Josimar Lopes


Avião da Air Canada sai da pista e deixa vários feridos


Um Airbus A320 da Air Canada saiu da pista durante o pouso no Aeroporto Internacional de Halifax, no Canadá, neste domingo (29), e pelo menos 23 pessoas foram hospitalizadas com ferimentos leves - informou a empresa e uma fonte aeroportuária.


A aeronave realizava um voo doméstico e vinha de Toronto (centro) com 137 pessoas a bordo e "saiu da pista durante o pouso em Halifax" (leste), disse a companhia aérea em sua conta no Twitter.
A Air Canada não ofereceu explicações sobre as causas do incidente, mas uma forte queda de neve era esperada em Halifax durante a noite de sábado. Um alerta de neve foi emitido pelo serviço meteorológico canadense, que também alertou para a visibilidade reduzida.
De acordo com a companhia aérea, 23 feridos foram levados para o hospital, enquanto o porta-voz do aeroporto Stanfield de Halifax, Peter Spurway, disse que havia 25 pessoas hospitalizadas, nenhuma delas em risco de vida. Algumas horas depois do acidente, apenas cinco feridos permaneciam no hospital, disse Spurway.
O avião levava 132 passageiros e cinco tripulantes, que logo após descer da aeronave acidentada tiveram de esperar quase uma hora na neve antes de serem atendidos, como denunciado por um dos passageiros.
"Havia umas duas pessoas ensanguentadas. Elas foram capazes de sair (do avião), mas o pior é que nos deixaram uma hora do lado de fora, na neve", contou Lianne Clark ao canal Canadian Broadcast Corporation.
Ela acrescentou que muitos deles deixaram o avião "porque tinha começado a vazar combustível e sentimos medo". Spurway ressaltou que a secretaria de segurança dos transportes do Canadá abriu uma investigação para determinar as causas do acidente.
As imagens mostram a aeronave imobilizada com a parte da frente danificada em uma pista coberta por uma espessa camada de neve.
Fonte: No Minuto
Postagem de Josimar Lopes






Umarizalense é destaque na revista Nova Escola!

Em Macau, a 165 quilômetros de Natal, para ir ao circo não se paga ingresso. O picadeiro é a rua e a plateia é convidada a seguir o cortejo, atraída pela música: “Mais uma vez os palhaços estão pra rua / Essa alegria diz que a vida continua / Nossa risada é rá rá rá rá / O nosso choro é buá buá / O nosso abraço é cá cá cá cá / Venha com a gente brincar”. Os palhaços que cantam e dançam pela cidade são alunos do 9º ano da EE Professora Maria Lourdes Bezerra. Com as aulas de Arte do professor umarizalense Emanuel Alves Leite, eles encontraram no mundo circense uma forma de expressão.


“O circo reúne as artes do corpo, performáticas e visuais, por isso é importante trabalhá-lo”, diz Ana Mae Barbosa, especialista em Arte Educação e docente aposentada da Universidade de São Paulo (USP). Para dar início à sequência didática, os estudantes responderam a um questionário sobre que representações artísticas havia no município, quais já tinham visto e o que gostariam de aprender. Eles quiseram saber sobre o circo, bastante presente na localidade – grupos populares costumam montar tendas perto da escola. Diante disso, Leite fez uma revelação: “Sou professor e também o palhaço Lombriga”. Em seguida, anunciou que eles estudariam o tema.

As primeiras aulas foram dedicadas à contextualização histórica do circo. Para isso, o educador criou um material de consulta sobre o assunto para a garotada, já que não havia algo do tipo na escola. Ele pesquisou imagens e informações em diversas fontes, como no livro Palhaços, de Mário Fernando Bolognesi (296 págs., Ed. Unesp, tel. 11/3107-2623, 44 reais) e organizou tudo em uma apostila, distribuída em classe.

Postagem de Josimar Lopes

Robinson deixa mais de 100 mil servidores sem empréstimos!



Os servidores estaduais que tentaram solicitar empréstimos consignados e financiar imóveis desde a última quinta-feira (26) foram surpreendidos com a informação de que não poderiam realizar quaisquer operações financeiras com desconto em folha.


O motivo foi o cancelamento do contrato do Governo do Estado com a empresa responsável por administrar a margem consignada do funcionalismo público sem que outra empresa fosse contratada.

O cancelamento do contrato está atingindo diretamente as famílias de mais de 63 mil servidores ativos e 40 mil inativos em todo o Estado. A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta (Sinsp), Janeayre Souto, disse que sindicato já recebeu várias denúncias nos últimos dias.

"Fomos pegos de surpresa. Dezenas de servidores têm nos procurado diariamente. Não entendemos porque o Governo cancelou o contrato que não têm custo algum para o Estado sem antes contratar outra empresa. Qual o real interesse do Governo em fazer isso? Prejudicar o servidor de forma autoritária? Existem outros interesses por trás? Porque não comunicou os servidores? Porque escondeu essa informação da população? Onde está a transparência? A única coisa que a gente sabe é que mais de 103 mil famílias potiguares podem ser prejudicadas com essa medida unilateral", lamentou.

A presidente do sindicato disse que procurou a antiga empresa responsável pelo serviço e representantes das instituições bancárias para ter mais detalhes do cancelamento, mas que ninguém soube explicar o porquê do cancelamento sem outra prestadora do serviço. O Sinsp já protocolou um ofício solicitando uma audiência com o Governo desde a semana passada para tratar de outros assuntos, mas, como até agora não houve resposta, espera incluir esse na pauta.


* Fonte: Sinsp-RN
Postagem de Josimar Lopes

Roubalheira em Macau...Empresários juntos na “sangria dos cofres públicos” com superfaturamento de 1000% nas festas!

Juíza, Cristiany Maria, que autorizou o pedido de prisão preventiva ressalta poder do ex-prefeito, Flávio Veras, em Macau no esquema de desvio.



Para a juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, ficou suficientemente demonstrado que a prisão de Flávio Veras é importante para a ordem pública e a continuidade processual e que o afastamento de alguns funcionários públicos ligados ao ex-prefeito é necessário para a continuidade processual. Contudo, a juíza não decidiu apenas isso. Ela determinou também que empresários e bandas locais e regionais devem ser proibidas de fechar contratos com o ente público municipal e estadual, dada a participação delas nas “sangrias dos recursos públicos do município”.

“Na hipótese trazida a análise, entendo que as três medidas requeridas, isto é, o afastamento dos cargos, a suspensão parcial do exercício de atividade econômica pelos empresários supostamente participantes do esquema e a proibição de todos eles ingressarem nas dependências do Poder Executivo Municipal, se mostram a um só tempo necessárias para a instrução e adequadas, seja a gravidade dos ilícitos penais investigados, seja às circunstâncias dos fatos, e sobretudo às condições pessoais dos representados”, citou a magistrada na sentença.

Sobre os empresários, a juíza afirmou que “como se não bastasse serem eles o instrumento para a sangria nos cofres públicos, vale dar especial enfoque à conduta do empresário José Romildo, que, quando ouvido na Promotoria, ajudou a encobrir provas, faltando com a verdade no respeitante aos valores, a forma de pagamento e a outras ilicitudes verificadas. “Diante de tais condutas, é flagrante o risco de permitir que esses empresários tenham acesso aos prédios nos quais funciona a administração municipal, e ainda que continuem a celebrar contratos com o Poder Público, sob pena de se perpetuar as fraudes e também de ser perder ou ocultar provas”, justificou.

“Os empresários ALEX SANDRO FERREIRA DE MELO, JANINE SANTOS DE MELO, LEONARDO MARTINS DE MEDEIROS, FRANCISCO JOCÉLIO OLIVEIRA DE BARROS, JOSE ROMILDO DA CUNHA, CRISTIANO GOMES DE LIMA JÚNIOR e FRANCISCO EDSON RIBEIRO DA SILVA, realizaram contratações com o município de Macau através das empresas que representam. E, seja essa representação regular ou irregular, acabou por possibilitar reiterados desvios de verbas públicas, através da assinatura de documentos nos processos licitatórios que refletiam valores maiores que os realmente devidos”, completou.

“O mesmo ocorre com os demais investigados, dentre eles empresas e empresários. É que, pelo que se extrai dos autos, as contratações envolvendo os aqui representados vinham sendo feitas ao longo dos anos e se repetiam a cada evento festivo, mesmo depois das medidas decorrentes da Operação Máscara Negra, que parecem não ter servido para coibir os ilícitos. Ademais, os altos valores superfaturados (contratações com sobrepreço de até 1000%), também pelo que emerge dos autos, e a manipulação dos processos licitatórios, deixam entrever que as medidas são necessárias para impedir que os ilícitos se repitam ou mesmo que provas venham a ser destruídas”, justificou a juíza.

CDP da Ribeira

Preso preventivamente desde segunda-feira, Flávio Veras solicitou a juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, a mesma que determinou sua prisão, a transferência dele do Centro de Detenção Provisória (CDP), da Ribeira, em Natal. O ex-prefeito estaria alegando que a unidade prisional não tem estrutura física para abrigar presos.

A magistrada, inclusive, nesta sexta-feira, já teria proferido despacho solicitando informações sobre o local onde Flávio Veras está preso. “Oficia-se a COAPE para que informe, no prazo de 24 horas, sobre as condições do local onde o requerente está custodiado. Com a remessa das informações e a manifestação ministerial, voltem-se os autos conclusos para decisão”, determinou a juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista.

Flávio Veras foi preso na residência dele, em Macau, na manhã de segunda-feira. O ex-prefeito foi encaminhado para Natal e, depois, direcionado para o CDP da Ribeira, que estaria vazio desde a semana passada, quando foi um dos alvos da onda de rebeliões de presos registrada no Rio Grande do Norte. O CDP foi quase que totalmente destruído e os detentos que lá estavam, conduzidos para a unidade prisional de Parelhas, no interior do Estado.

“Periculosidade social de Flávio Veras  demonstra a necessidade da prisão”

Uma decisão efetivamente necessária para garantir a ordem pública, a instrução processual. Essa foi a análise da juíza de Direito, Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, que decretou a prisão preventiva do ex-prefeito de Macau, Flávio Veras, do PMDB, no início da semana. Concordando com o Ministério Público do RN, autor do pedido de prisão, a magistrada ressaltou em sua decisão os vários indícios existentes contra o ex-gestor da reiterada conduta criminosa dele, por meio do desvio de recursos financeiros da Prefeitura da cidade.

“A prisão preventiva é efetivamente necessária, tanto como garantia da ordem pública, quanto pela conveniência da instrução processual”, afirmou a juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, ressaltando que “circunstâncias de caráter pessoal, como primariedade, residência e emprego fixos, por si só, não impedem a decretação da prisão preventiva, quando estão presentes os seus requisitos”.

“Medidas cautelares diversas da prisão infelizmente parecem não ter força suficiente na hipótese, seja em face da possibilidade concreta de reiteração das condutas, seja pela grande influência do representado nos assuntos do Município, o que lhe proporcionaria até mesmo a manipulação de provas”, explicou a magistrada em sua decisão.

“A reprovabilidade das condutas imputadas ao denunciado Flávio Veras e a sua periculosidade social revelada na incessante reiteração de crimes ao longo dos anos, demonstra a necessidade de seu encarceramento, como já dito, sendo esta a única forma de dar um basta na situação”, acrescentou em outro momento da decisão.

A juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista ressaltou também que é cabível a prisão nos casos de crimes como os que foram imputados ao denunciado Flávio Veras, “valendo ainda destacar o delito de quadrilha, por ele chefiada, registre-se, que assume contornos ainda mais graves por ter sido, ao que parece, formada para desfalcar o patrimônio público do Município de Macau, lesando milhares de munícipes que dependem dos serviços públicos e de políticas sociais eficientes para ter uma vida digna”.

“O abalo social é inegável. É claro que a sociedade não pode tolerar que pessoas que cometem reiterados delitos contra o patrimônio público fiquem em liberdade durante a tramitação dos processos, sobretudo quando resta demonstrado que permanecem atuando e dando continuidade às práticas ilícitas, e até mesmo influenciando testemunhas de modo a dificultar ou impedir que os ilícitos sejam provados, que vem a configurar outro requisito da prisão e que será visto mais adiante”, justificou a juíza.

“Ressalto que mesmo em se tratando de delitos cometidos sem violência ou grave ameaça a pessoa, a prisão é cabível com garantia da ordem pública, tanto no aspecto de impedir a reiteração delitiva que acima foi demonstrada, quanto no aspecto de acautelamento do meio social e da credibilidade do Judiciário”, explicou ela.

É importante ressaltar que Flávio Veras é, hoje, apontado como o chefe da quadrilha que desviou dinheiro da Prefeitura de Macau por meio da contratação superfaturada de bandas para as festas na cidade. Atualmente, o ex-prefeito responde a 13 denúncias formuladas pelo Ministério Público e está preso desde o início da semana, no Centro de Detenção Provisória da Ribeira, em Natal.

Além desses casos, conforme relembrou a juíza, Flávio Veras também tem uma condenação a prisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por compra de votos. “Aliás, impende aqui ressaltar que o representando Flávio Veras já ostenta uma condenação criminal, sendo por delito de corrupção eleitoral (Ação Penal n.º 15/2005), o que, aliado as várias denúncias que foram oferecidas neste juízo contra ele, denotam que está longe de ser indivíduo jejuno na prática de ilícitos penais”, acrescentou.

Juíza aponta que Flávio manipulava processos administrativos e podia influenciar os judiciais

A questão social foi importante. Condenado no TSE e respondendo a diversos processos na Justiça Estadual, na visão da juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, Flávio Veras não poderia continuar solto, transparecendo o sentimento de impunidade. Contudo, não foi só isso que motivou o encarceramento do ex-prefeito. Afinal, ele também representava um risco para o andamento das denúncias criminais, uma vez que tinha forte poder na Prefeitura Municipal e era capaz de manipular processos administrativos no Executivo local – chefiado por Kerginaldo Pinto (PMDB), prefeito apoiado por Flávio nas últimas eleições.

“Ora, se Flávio Veras foi capaz de toda essa manipulação em processos administrativos, nada está a garantir que também não o fará no judicial (ação penal), que impõe sanção bem mais gravosa (privação de liberdade)”, afirmou a juíza.

“A manipulação das provas, também ocorria e pode continuar ocorrendo com o manuseio de documentos, haja vista a já mencionada aproximação de Flávio Veras com o prefeito e a influência dele nos assuntos do município, que restaram demonstrados não apenas nos diálogos interceptados, mas também nos documentos apreendidos na sua residência”, acrescentou a magistrada.

É importante ressaltar que Flávio Veras sempre exerceu forte e público poder na Prefeitura de Macau, inclusive, durante a gestão de seu sucessor, Kerginaldo Pinto. Ou exercia. Afinal, publicamente, os dois estariam rompidos, mas, segundo o MPRN, Flávio continuaria influenciando decisões do Executivo municipal – e comandando esse esquema de desvio de recursos.

“O Ministério Público apresentou e juntou no anexo XXVII do Proc. n.º 0100459-03.2013.8.20. 0105 ofícios que Flávio Veras tinha em seu poder endereçados à Prefeitura, anotações de pagamentos e até mesmo cheques emitidos pelo Município”, ressaltou a magistrada em sua sentença sobre a prisão preventiva de Flávio Veras.

Ex-prefeito era consultado em todos os pedidos do MP

Os cheques eram evidências do poder que Flávio Veras continuava a ter na Prefeitura de Macau. Contudo, não foram os únicos elementos utilizados pelo Ministério Público utilizados para justificar o pedido de prisão preventiva. A promotora Isabel Menezes, autora do pedido, também apontou diálogos e depoimentos.

“O investigado Flávio Veras exerce grande influência até os dias de hoje nos assuntos do Município, principalmente nos relativos às contratações investigadas, e tem trânsito livre, seja nos prédios, seja junto às pessoas que compõem a administração, sendo imprescindível proibir seu acesso à sede e aos demais locais onde funciona a administração municipal”, exemplificou a magistrada Cristiany Maria de Vasconcelos Batista.

Entre os áudios citados pelos MPRN, está um registrado no dia 31 de janeiro de 2013, entre Kerginaldo Pinto e Flávio Veras. “KERGINALDO liga para FLÁVIO informando que recebeu intimação do MP sobre os festejos do final de ano com algumas solicitações. FLÁVIO diz que está tomando banho para ir ao encontro dele. KERGINALDO diz que o prazo é de 48 horas. FLÁVIO indica que ele coloque a data do dia seguinte no ‘recebido'”, apontou o MPRN, mostrando que o atual prefeito continuava influenciado e sugestionado pelo ex-gestor.

Se utilizando de outro áudio, a juíza citou na decisão que “os diálogos interceptados e juntados pelo Parquet fornecem suficientes indícios de que os procedimentos licitatórios eram montados a posteriori e somente para efeito de responder aos questionamentos do Ministério Público, como se observa da conversa travada entre Flávio Veras e o advogado identificado como Miguel”.


“Os diálogos já transcritos – sobretudo o travado entre Flávio Veras e o advogado identificado como Miguel – evidenciam a tentativa de ocultar as fraudes, seja pela ‘fabricação’ de procedimentos licitatórios após a contratação das bandas e realização das apresentações e até dos pagamentos, seja com a omissão de informações, como se extrai do trecho da conversa no qual o investigado Flávio determinou que não fosse informada a contratação do artista Dorgival”, apontou.

Postagem de Josimar Lopes

domingo, 29 de março de 2015

TROCA DE TIROS DEIXA UM SALDO DE 07 ASSALTANTES MORTOS NO INTERIOR DO RN.

Troca de tiros entre policiais do DEICOR e BOPE deixa sete elementos mortos, as primeiras informações dão conta de que foram apreendidos arma e explosivos. O confronto aconteceu no município de Currais Novos, na região Seridó Potiguar, e segundo a Polícia, a quadrilha, que vinha sendo investigada pela delegacia Especializada no Combate ao Crime Organizado-Deicor, era especializada em estouros de caixas eletrônicos no Rio Grande do Norte. No tiroteio, que aconteceu na BR 226 na entrada de Currais Novos, envolveu agentes da Deicor, Bope e pelo menos oito suspeitos. Ainda de acordo com informações, 7 indivíduos foram a óbito e um outro sobreviveu, é um taxista de Natal que conduzia um veículo com os elementos. Outro veículo, um Gol também levava assaltantes, os corpos foram levados para o Hospital Regional de Currais Novos onde é esperada a chegada do ITEP para a condução a Caicó. Foram apreendidos com a quadrilha 05 revólveres, 01 pistola, uma escopeta calibre 12 e muito material explosivo (usado para estourar caixas eletrônicos). A população está assustada pela quantidade de tiros no local. Um dos homens mortos foi identificado como Isaias. Ele já tem passagens pelo Presídio Alcaçuz, mas o documento que estava em seu poder, era falso. A Delegada Danielle Filgueira, deve se pronunciar ainda neste domingo, ou na segunda-feira, sobre o assunto.
 
Mais imagens AQUI!!!

Postagem de Evandro Lopes.

sábado, 28 de março de 2015

Prefeitura de Viçosa investe na formação dos adolescentes e promove curso de fotografia.

A Prefeitura Municipal de Viçosa por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social promoveu nesta quinta-feira, 26 de Março, um curso de Fotografia para os adolescentes do NUCA - Núcleo de Cidadania dos Adolescentes de Viçosa-RN. A instrutora foi a fotografa Elida Maia que passou uma tarde ensinando aos adolescentes como trabalhar fotografia assim como as diversas técnicas de fotografar. Além da teoria através de vídeos e explicações os adolescentes participaram de uma aula prática nos principais pontos da cidade. O NUCA é um espaço de discussão sobre temas relacionados a crianças e adolescentes, com o objetivo de apoiá-los no desenvolvimento de suas competências e de contribuir para fortalecer sua capacidade de incidir nas políticas públicas. O grupo de Viçosa é forma por 26 adolescentes contemplando seis desigualdades: de idade, gênero, renda, condição pessoal, local onde mora e raça.
 
 
      






Postagem de Evandro Lopes.

VEM ECONOMIZAR DE VERDADE AQUI NO MERCADINHO MIRAGEM

CLICK NO ENCARTE PARA VISUALIZAR MELHOR!

Esse encarte promocional é válido para este sábado 28/03/2015 e Segunda 30/03/2015 das 06:00h a 20:00h.

Postagem de Evandro Lopes.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Final de festa em Francisco Dantas/RN: Acidente na RN 177

O acidente foi na RN 177 que liga Francisco Dantas a Portalegre, colisão com carro e moto, as informações dos envolvidos no sinistro, é de que a vitima fatal é da cidade de Portalegre é muito conhecido na região, os outros envolvidos ainda não se tem informações.
Postagem de Evandro Lopes.

MPRN deflagra operação Servidores Fantasmas em Venha Ver

 http://cidadenewsitau.blogspot.com.br/

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através da Promotoria de Justiça de São Miguel, deflagrou nesta quinta-feira (26) em Venha Ver, a operação "Servidores Fantasmas". Ao todo, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da Comarca de São Miguel, em diversos órgãos da Prefeitura Municipal e na Câmara de Vereadores do Município de Venha Ver. 

O objetivo do MPRN foi recolher documentos relacionados ao cumprimento da jornada de trabalho por parte dos servidores públicos municipais.

Ainda na operação foram notificados agentes públicos para prestarem esclarecimento ao MPRN, que tomará as medidas cabíveis em relação às irregularidades detectadas. O promotor de Justiça Rodrigo Pessoa coordenou a operação e contou com o apoio de promotores da região do Alto-Oeste.

Em investigação, o MPRN encontrou fortes indícios que apontam para a existência de servidores “fantasmas” no âmbito da Administração Pública Municipal de Venha Ver, tanto no Poder Executivo quanto no Poder Legislativo.

Postagem de Evandro Lopes.

quinta-feira, 26 de março de 2015

Quadrilha faz reféns em hospital e arromba caixa do Bradesco em Rodolfo Fernandes

  Criminosos arrombaram na madrugada desta quinta-feira (26) o caixa eletrônico da agência do Banco Bradesco no município de Rodolfo Fernandes, na região Oeste do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Militar, a quadrilha ainda fez reféns funcionários da Hospital Municipal da cidade para impedir qualquer ação dos policiais.
Segundo o cabo Edimar, comandante do policiamento no município, o crime ocorreu por volta das 2h20. Seis homens armados com pistolas calibre .40 e espingardas calibre 12 chegaram à cidade e foram para a unidade hospitalar, onde fizeram os funcionários reféns. "Eles renderam o pessoal do hospital, que fica a poucos metros do banco, com o objetivo de ganhar tempo na ação criminosa, uma que vez estes poderiam ter entrado em contato com a polícia no momento do crime", explicou ele.
Os reféns foram colocados e uma sala e tiveram os celulares levados pela quadrilha, só saindo do local por volta das 3h, quando os criminosos já haviam deixado a cidade.
A quadrilha não usou explosivos para arrombar o terminal eletrônico. Eles conseguiram levar o dinheiro e fugiram em dois carros, um Gol de cor prata e um Uno de cor cinza.
A Polícia Militar ainda realizou diligências na região, mas nenhum suspeito foi localizado
 
Postagem de Evandro Lopes.

ÁGUAS DO RIO APODI/MOSSORÓ JÁ ESTÁ DESCENDO AS MARGENS DA CIDADE DE TABOLEIRO GRANDE

A cidade de Taboleiro Grande está em festa, nestas últimas 24 horas choveu 53 mm, e os moradores do município amanheceram animados hoje pela manhã deste dia 25 , o motivo é que o rio Apodi/Mossoró que passa as margens da cidade de Taboleiro Grande, já desce com água, devido as boas chuvas registradas nestes últimos dias na região Oeste do nosso estado.
Veja alguns REGISTROS fotográficos do Blog Taboleiro Grande News na passagem que liga Taboleiro Grande ao sítio Barra do Tigre, mais conhecido por passagem de Sandoval.


Postagem de Evandro Lopes.

Morre o humorista Jorge Loredo, o Zé Bonitinho, aos 89 anos

RIO — Morreu, por volta de 6h30m da manhã desta quinta-feira, o humorista Jorge Loredo, o Zé Bonitinho. O comediante, de 89 anos, estava internado no Hospital São Lucas, na Zona Sul do Rio desde o último 3 de fevereiro, onde permaneceu em estado grave. As causas ainda não foram informadas.

Topete esculpido com Gumex, bigode delgado, sobrancelhas arqueadas, olhar de conquistador e roupas extravagantes, ele mal mal entra em cena e já arranca gargalhadas da plateia do estúdio da extinta TV Rio, em 1960. Era a estreia de O Bárbaro, vivido pelo ator e humorista Jorge Loredo no programa “Noites cariocas”, que serviria de matriz para o personagem Zé Bonitinho, o galenteator barato e exagerado que marcaria a carreira do artista carioca e a TV brasileira.
O Bárbaro foi rebatizado em homenagem a um cozinheiro que Loredo conheceu em um restaurante de beira de estrada que, por ser muito feio, era chamado de Zé Bonitinho. Os trejeitos do personagem foram inspirados em outra figura real, o Jarbas, um dos companheiros do jovem Jorge Loredo nas maratonas pelos bares da Praça Saens Peña, na Tijuca, onde nasceu.
— Ele tirava um pentezinho do bolso e ficava ajeitando as sobrancelhas e o bigodinho toda hora. Se passava uma moça, cantarolava um tango, um bolero... Fui captando esses trejeitos e criei o personagem — contou.
Autor de bordões inesquecíveis — “Garotas do meu Brasil varonil: vou dar a vocês um tostão da minha voz...!”; “Mulheres, atentem para o tilintar das minhas sobrancelhas”; “O chato não é ser bonito, o chato é ser gostoso”, entre outras —, Zé Bonitinho foi praticamente uma espécie alter ego de Loredo:
— Eu sofri com uma osteomielite (inflamação nos ossos) dos 12 aos 46 anos, por isso fui muito mimado. Isso me fez querer ser mimado pelas minhas mulheres. Era quase um Zé Bonitinho — contou certa vez Loredo que, ainda na juventude, chegou a ser internado em um sanatório por causa de uma turberculose.
Os palhaços estão na origem da vocação de Loredo. Para completar a renda do marido, dona Luiza, mãe do artista, costurava os figurinos das trupes circenses que chegavam a Campo Grande, onde a família morava. O ator acreditava que as fantasias da mãe impregnaram sua retina: já jovem, viu o anúncio dos testes para a escola de Paschoal Carlos Magno, onde passou depois de ser ensaiado por Oscarito e Mafra. Estreou interpretando Mercúcio em “Romeu e Julieta” e nunca mais parou.

Na TV, o ator começou dividindo o banco do programa “Praça da Alegria”, nos anos 1970, com Chico Anysio, Moacyr Franco e Ronald Golias. Diferentemente de Anysio e e Franco, que tiveram programa próprio, e de Golias, que era astro absoluto da “Família Trapo” , Loredo sobreviveu como coadjuvante. O ator chegou a criar outros tipos famosos, como o mendigo soberbo My Lord e o costureiro François Paetê, mas Zé Bonitinho sempre foi a sua grande marca, que só desapareceu da TV quando o programa “A praça é nossa”, do SBT, saiu do ar, no início dos anos 2000.
Longe da televisão, Loredo chegou a participar de filmes dirigidos por ícones do cinema nacional, como Rogério Sganzerla (“Sem essa aranha”, de 1970, e “O abismo”, de 1977) e Arnaldo Jabor (“Tudo bem”, de 1978). Seu último trabalho em um longa-metragem foi em “Chega de saudade” (2008), de Lais Bodansky. Em quase todos esses filmes, mesmo que não estivesse interpretando seu personagem mais famoso, alguns elementos dele, como o vestuário e acessórios vistosos, de alguma forma estavam sempre presentes nas composições Loredo.
O artista foi recentemente redescoberto pela geração mais jovem de cineastas brasileiros. Em 2005, a diretora Susanna Lira lançou o documentário “Câmera, close!”, uma biografia do ator, exibido no Canal GNT. No ano seguinte, o ator e diretor Selton Mello, fã do artista, o dirigiu no curta-metragem “Quando o tempo cair”, para o qual criou um personagem especialmente apra ele. Em 2003, atuou na peça infantil “Eu e meu guarda-chuva”, a convite da atriz Andrea Beltrão.
 
 
Postagem de Evandro Lopes.

Viçosa-RN: As chuvas que caíram em Viçosa, já somam 80mm nas últimas horas. Veja como estão os córregos e rios da cidade!


As fotos só mostram o retrato da realidade e felicidade que as chuvas trazem para nossa cidade. Muitas águas já cortam a cidade através de riachos e córregos, seguindo seus cursos que as levam até o Açude da cidade Riacho da Cruz. O mesmo AÇUDE abastece as cidades de Riacho da Cruz, Viçosa e Portalegre.
 
 Outro ponto que alegra os moradores das cidades é a subida dos peixes pela correnteza. Pertinho da semana santa, os pescadores fazem a festa e garantem os peixes para o tradicional almoço de sexta-feira santa. Ainda temos os roçados que por sua vez, estão todos nascidos, os legumes (feijão e milho), também serão muito em breve motivo de festa!













Matéria e Fotos de Evandro Lopes.